terça-feira, 20 de outubro de 2015

Papa Francisco pede perdão pelos últimos escândalos da Igreja

Papa Francisco pede perdão pelos últimos escândalos da Igreja
por Leiliane Roberta Lopes
Na semana passada o Papa Francisco surpreendeu quem assistia a missa na Praça São Pedro, em Roma, e pediu perdão pelos escândalos recentes da Igreja.
“Peço-lhes perdão pelos escândalos ocorridos nos últimos tempos em Roma e no Vaticano”, disse o líder católico diante de milhares de fiéis.
Nas últimas semanas a Igreja Católica vivenciou vários escândalos, um deles foi a declaração do monsenhor Krzysztof Charamsa, prelado polonês do Vaticano e teólogo da Congregação para a Doutrina da Fé, que se declarou homossexual e acusou a igreja de ser homofóbica.
Outro tema que gerou polêmica foi a denúncia feita por 100 fiéis da paróquia de Santa Teresa de Ávila, em Roma, contra um padre que celebra a missa aos domingos e que foi visto em locais frequentados por gays. Como se não bastasse, os jornais conseguiram declarações de que o mesmo padre ainda promove festas com álcool e drogas dentro da paróquia.
O Papa ainda precisou enfrentar disputas entre os bispos no Sínodo sobre a Família. Uma carta assinada por 13 cardeais questionava a metodologia do Sínodo e alguns dos autores negaram que tinham apoiado o conteúdo escrito.
Esses três casos seriam os motivos da desculpa pública feita por Francisco no dia 14 de outubro. Ele ainda citou a frase de Cristo sobre os que trazem escândalo:  “Sei que Jesus é realista e é inevitável que haja escândalos, mas ai do homem que causa o escândalo!”.

TERREMOTO NO BRASIL

Curitiba é atingida por tremor de terra Um tremor de terra foi registrado na região de Rio Branco do Sul e Itaperuçu, na Região Merop...